Publicidade

Forças de segurança apreendem quase 3 mil armas entre janeiro e maio no Ceará

Em 2021, foram apreendidas 2.497, no mesmo período. Houve aumento de 14%.

Por G1 CE em 09/06/2022 às 18:14:24
Armas apreendidas pela polícia na localidade de Sítio Santa Rita, em Tianguá, no interior do Ceará. - Foto: Reprodução/Polícia Militar/ Divulgação

Armas apreendidas pela polícia na localidade de Sítio Santa Rita, em Tianguá, no interior do Ceará. - Foto: Reprodução/Polícia Militar/ Divulgação

As Forças de Segurança do Ceará apreenderam, entre janeiro e maio deste ano, 2.846 armas de fogo. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública. Somente em Fortaleza, foram 863 apreensões, o que representa um aumento de 27,3%, em comparação com o mesmo período de 2021, quando foram recolhidas 678 armas.

No Ceará, o acréscimo no acumulado dos cinco primeiros meses deste ano é estimado em 14%. Enquanto em 2022, as Forças de Segurança apreenderam quase três mil armas, no ano anterior foram 2.497, no mesmo período. Em maio, foram 534 armas recolhidas pelas Polícias Militar e Civil, contra 504, durante o mesmo mês em 2021. O aumento ficou em 6%.

Do total de armas confiscadas no Ceará somente no mês de maio de 2022, 149 apreensões aconteceram na Capital, contra 129 em maio de 2021, com um aumento estimado em 15,5%.

Apreensões recentes

Na última terça-feira (7), dois homens foram presos e duas armas de fogo foram apreendidas em ações diferentes, realizadas pelo Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE) da Polícia Militar. As capturas e apreensões aconteceram nos municípios de Aquiraz, na Grande Fortaleza e Paracuru, no Litoral Oeste.

Os suspeitos foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo em unidades da Polícia Civil.

Fonte: G1 CE

Comunicar erro
Publicidade

Comentários

Publicidade