Publicidade

Aves ameaçadas de extinção são apreendidas por tráfico de animais no Ceará; dois são presos

Ao todo, 250 aves foram encontradas pela Polícia Rodoviária Federal em Icó, no interior do Ceará.

Por G1 CE em 06/12/2021 às 17:38:38
PRF flagrou dois homens traficando centenas de pássaros silvestres em Icó. - Foto: Reprodução/PRF/Divulgação

PRF flagrou dois homens traficando centenas de pássaros silvestres em Icó. - Foto: Reprodução/PRF/Divulgação

Dois homens foram presos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) após serem flagrados transportando 250 aves da fauna brasileira, algumas ameaçadas de extinção, no quilômetro 383 da rodovia federal BR-116, no município de Icó, no interior do Ceará, na manhã desta segunda-feira (6).

As aves, segundo a PRF, seriam comercializadas e estavam sendo transportadas para Fortaleza. Os animais serão encaminhados aos órgãos ambientais.

A apreensão aconteceu por volta das 9h, quando equipes da PRF abordaram uma picape ocupada por dois homens. Segundo os agentes, os suspeitos informaram que estavam vindo de outro estado e tinham como destino a capital cearense. Questionados a respeito do que estavam carregando, os homens não informaram.

Policiais fizeram uma revista na carga da carroceria, onde encontraram diversas gaiolas com cerca de 250 pássaros de várias espécies, como canários, papa-capins, coleirinhos, trinca-ferros, graúnas (pássaro-preto) e pintassilgos-do-nordeste (pinta-silva).

A pena para quem vende, exporta, adquire ou tem em cativeiro espécimes da fauna silvestre é de detenção de seis meses a um ano e multa, ou aumentada da metade se os animais forem de espécies ameaçadas de extinção, conforme Art. 29 da Lei de Crimes Ambientais (9.605/98).

Conforme a PRF, a multa é calculada sobre cada espécime encontrado e pode chegar a R$ 5.000,00 por ave se for de uma espécie ameaçada. Na autuação desta segunda-feira, a multa total pode ultrapassar R$ 125 mil.

Os homens foram levados à Polícia Civil na região; e as aves foram encaminhadas para a Superintendência Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Icó (SUDEMA-Icó).

Fonte: G1 CE

Comunicar erro
Publicidade

Comentários

Publicidade