Publicidade

Acusado de matar esposa grávida em Poço de José de Moura é condenado a 42 anos de prisão.

Por Fonte: Resenha Politika em 20/09/2022 às 21:29:32

Acusado de matar a sua esposa que estava grávida, Hélio José de Almeida Feitosa, em setembro de 2020, em Poço José de Moura, no Sertão da Paraíba, foi condenado a 42 anos em regime fechado. O julgamento aconteceu nesta terça-feira (20), no Fórum de Justiça de São João do Rio do Peixe. Na época, o feminicídio gerou grande repercussão no estado. O homem chegou a se apresentar, mas foi liberado.

Pâmela do Nascimento Bessa, de 27 anos, foi atendida no Hospital de São João do Rio do Peixe e transferida para o Hospital Regional de Cajazeiras. Ela tinha três filhos e espera o quarto.

Hélio só foi preso três meses depois, no dia 5 de dezembro de 2020, em Rio Grande da Serra, em São Paulo.

Comunicar erro
Publicidade

Comentários

Publicidade