Publicidade

Bolsonaro diz que Guedes continua no governo em caso de reeleição

O presidente ressaltou em fala nesta segunda, porém, que é necessário consultar o ministro da Economia para saber se há interesse dele em continuar no cargo

Por Ingrid Soares em 11/04/2022 às 18:48:15
(crédito: Edu Andrade/Ascom/ME)

(crédito: Edu Andrade/Ascom/ME)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou, nesta segunda-feira (11/4), que o ministro da Economia, Paulo Guedes, deve continuar no comando da pasta em um eventual segundo mandato. Porém, destacou que é necessário consultar o "Posto Ipiranga" para saber se há interesse da parte dele em continuar no cargo no próximo ano.

"Ele tem muito crédito. Tem que ver se ele quer continuar, como qualquer outro ministro. A princípio, ele continua, sem problema nenhum", afirmou durante entrevista para o podcast Irmãos Dias.

"O Paulo Guedes foi uma pessoa que foi fantástica por ocasião da pandemia. Eu não sei como o Brasil estaria se não fosse uma pessoa da firmeza dele. Então, ele tem muito crédito. Tem que ver se ele quer continuar também, como qualquer outro ministro. A princípio, ele continua sem problema nenhum."

Em 25 de março, Bolsonaro elogiou Guedes afirmando que a economia não colapsou por conta do trabalho realizado por ele.

"Em grande parte, a economia não colapsou graças ao seu trabalho. Tivemos momentos de tensão por várias vezes, ali, na sala da Presidência. Porque o político, por vezes, quer o imediatismo. E ele segurou muita onda. De vez em quando, eu pensei até que tu ia enfartar, Paulo. Mas resistiu à parada", afirmou, à época.

No dia 15, o presidente também o afagou, dizendo que ele atua de forma "bastante vigilante" e com "enorme responsabilidade" em relação ao orçamento neste ano eleitoral.

"Ano de eleição é natural muita gente querer entrar no orçamento. O Paulo Guedes tem sido bastante vigilante no tocante a isso e tudo o que faz, faz com uma enorme responsabilidade", emendou.

Fonte: Correio Braziliense

Comunicar erro
Publicidade

Comentários

Publicidade