Publicidade

Bolsonaro diz que vírus da corrupção está "praticamente vencido"

Segundo o presidente, a relação entre os membros do governo reflete no combate ao que Bolsonaro chamou de "um dos vírus mais mortais de que se teve notícia ao longo de décadas em nosso país: o vírus da corrupção"

Por Ingrid Soares em 05/04/2022 às 19:56:39
(crédito: Evaristo Sa/AFP)

(crédito: Evaristo Sa/AFP)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou nesta terça-feira (5/4) que o vírus da corrupção está "praticamente vencido". A declaração ocorreu durante evento de cumprimento aos Oficiais-Generais promovidos ocorrida no Palácio do Planalto.

Na ocasião, Bolsonaro disse que a boa relação entre os membros de seu governo reflete no combate ao que chamou de "um dos vírus mais mortais de que se teve notícia ao longo de décadas em nosso país: o vírus da corrupção". "Praticamente vencido", completou.

"Tenho dito, se um dia aparecer alguma coisa vamos atrás. A gente lamenta, por parte de nossa imprensa, de ataques descomunais, mas quem tem a consciência tranquila, de que tem Deus ao seu lado, vence a esses obstáculos. E também quem tem Forças Armadas como essas, sempre prontas, com seu trabalho defendendo quem são e o que pretendem e de que lado estão. Estão do lado do Brasil. O nosso partido é o Brasil", disse sem citar as denúncias no MEC, envolvendo pastores e o ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro.

No último dia 28, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, pediu demissão a Bolsonaro. Ele virou alvo de inquérito da Polícia Federal por suspeita de favorecer pastores na liberação de verbas para prefeituras.

Fonte: Correio Braziliense

Comunicar erro
Publicidade

Comentários

Publicidade