Publicidade

PIADA? EX-SECRETÁRIA DE UIRAÚNA, ELIANE PINTO, PEDE INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS NA JUSTIÇA POR RECEBER POUCO: O SALÁRIO ERA DE R$ 3 MIL REAIS.

Por Francisco Marcos Pereira em 07/01/2022 às 11:03:37
Na foto está a Ex-secretária e o ex-prefeito Bosco Fernandes.

Na foto está a Ex-secretária e o ex-prefeito Bosco Fernandes.

A ex-Secretária de Governo e Articulação Política, e de Secretária de Infraestrutura do período de 2013 a 2020, a Sra. Eliane Pinto, apresentou ação judicial junto ao Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba, na 4ª Vara Mista da Comarca de Sousa/PB, buscando receber valores que afirma ter direito e que não foram pagos durante o período em que atuou como Secretária Municipal.

Além disso, a ex-Secretária afirma ter sofrido abalos psicológicos em virtude de tal situação. Acontece que a Sra. Eliane Pinto recebia como salário considerável valor de 3 mil reais.

O melhor de tudo é que a ex-secretária afirma ainda ter passado por constrangimento e humilhação, por receber R$ 3 mil reais como secretária, quando na verdade deveria, em seu entendimento, estar recebendo R$ 4 mil reais.

"A dor da humilhação por ter sido tratada diferente e as privações pelas quais teve que passar ultrapassam o liame entre o mero aborrecimento e a ocorrência de uma lesão, ficando caracterizado o dano moral, que como já mencionado, reclama a devida reparação", afirmou a Sra. Eliane Pinto em seu pedido judicial.

Se a Sra. Eliane Pinto que recebia R$ 3 mil reais se sentiu humilhada e constrangida imagine quem recebia apenas um salário mínimo.

O processo ainda está em trâmite, tendo o Município de Uiraúna já se manifestado no mesmo apresentado sua defesa.

Diante disso fica o questionamento: por que a ex-Secretária não usou de sua relação com o antigo gestor, que foi quem a nomeou para o cargo, para resolver tais pendências?


Comunicar erro
Publicidade

Comentários

Publicidade