Política MUDANÇAS

Com ida de Ciro à Casa Civil, Flávio Bolsonaro agora é suplente na CPI

Senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) assume a cadeira de titular da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 com a saída do senador Ciro Nogueira

Por Sarah Teófilo

27/07/2021 às 22:02:37 - Atualizado h√°
(crédito: Marcos Oliveira/Agência Senado)

O senador Fl√°vio Bolsonaro (Patriotas-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, agora é suplente na Comiss√£o Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19. A mudan√ßa se deu após a ida do senador Ciro Nogueira (PP-PI), figura de destaque no Centr√£o, para a Casa Civil. O convite foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro na semana passada, e Ciro j√° havia aceitado. Nesta ter√ßa-feira (27/7), ele anunciou oficialmente que aceitou o convite do mandat√°rio, e passar√° a ocupar cadeira do general Ramos.

No lugar de Ciro, o senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) assumir√° a cadeira de titular. Ele chegou a assumir em alguns dias como titular, diante das aus√™ncia de Ciro Nogueira, que n√£o vinha comparecendo com frequ√™ncia à comiss√£o. Heinze integra a linha de frente de defesa ao governo dentro da CPI.

Fl√°vio Bolsonaro, apesar de n√£o integrar a comiss√£o, compareceu em dias importantes ao governo. No dia em que o sócio-administrador da Precisa Medicamentos, Francisco Maximiano, iria depor, por exemplo, ele foi à sess√£o.

Naquela ocasi√£o, a revista Veja revelou uma rela√ß√£o entre o senador e o empres√°rio. O filho 01 do presidente participou de uma reuni√£o entre o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montesano, e Maximiano, em outubro do ano passado. O encontro n√£o foi para discutir vacina, segundo agenda.

No início do m√™s, Fl√°vio negou ser amigo de Maximiano. Disse que o conhece por meio de amigos em comum. "N√£o é meu amigo, n√£o frequenta a minha casa", afirmou o parlamentar. O próprio senador j√° foi apontado pelo relator da comiss√£o, Renan Calheiros (MDB-AL), como alvo de suspeita de envolvimento nas negocia√ß√Ķes da vacina contra covid-19 Covaxin, do laboratório indiano Bharat Biotech, que era representado no Brasil pela empresa Precisa Medicamentos no √Ęmbito desta negocia√ß√£o.

Em resposta à ofensiva do relator da CPI, Fl√°vio Bolsonaro protocolou uma a√ß√£o contra Renan Calheiros na Procuradoria-Geral da República (PGR), apontando que o senador por Alagoas estaria cometendo abuso de autoridade na CPI.

Fonte: Correio Braziliense
Comunicar erro
Portal Nordeste

© 2021 Portal Nordeste - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Portal Nordeste