19°C 34°C
Uiraúna, PB
Publicidade

CCJ aprova PL de Wilson Filho que cria Estatuto da Pessoa com Fibromialgia.

O texto também garante o atendimento multiprofissional e interdisciplinar às pessoas com fibromialgia, com a presença de profissionais de diversas áreas da saúde

04/06/2024 às 23h33
Por: Redação Fonte: Assessoria
Compartilhe:
Assessoria
Assessoria

Durante a reunião desta terça-feira (04) a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) julgou constitucional o PL 2.300/2024. A matéria, de autoria do deputado estadual Wilson Filho (Republicanos), cria o Estatuto da Pessoa com Fibromialgia na Paraíba, e faz parte do vasto trabalho do parlamentar em defesa de pessoas com a doença no estado.

“No mês passado comemoramos a publicação da Lei 13.265/2024, que assegura às pessoas com fibromialgia os mesmos direitos e garantias das pessoas com deficiência. Foi uma grande conquista, mas o nosso trabalho não parou e nem vai parar por aí. A defesa desses pacientes é uma luta que abraço desde 2022, quando protocolei o primeiro PL na Casa. Promovemos em abril, na Assembleia Legislativa, a Audiência Pública da Fibromialgia, onde juntamente com as associações que representam os pacientes e o Governo do Estado, buscamos um entendimento que viabilizasse a sanção da lei. O Estatuto que estamos propondo visa justamente oficializar a legislação estadual, os direitos garantidos à pessoas diagnosticadas com a fibromialgia. Uma doença difícil, que causa infinitas e insuportáveis dores às pessoas que estão em tratamento”, destacou Wilson Filho. 

O estatuto garante acesso universal e equitativo aos serviços de saúde, contemplando diagnóstico precoce, tratamento multidisciplinar e acesso a medicamentos, conforme estabelecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O texto do PL também incentiva a disseminação de informação clara, acessível e atualizada sobre a fibromialgia, seus sintomas, tratamentos disponíveis e direitos garantidos pelo Estatuto. 

O texto também garante o atendimento multiprofissional e interdisciplinar às pessoas com fibromialgia, com a presença de profissionais de diversas áreas da saúde, tais como reumatologistas, neurologistas, psiquiatras, enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, assistentes sociais, entre outros. Também incentiva a promoção de campanhas educativas e de conscientização sobre a fibromialgia, visando à redução do estigma social. Com a aprovação da matéria na CCJ, o texto seguirá para análise dos deputados no Plenário nos próximos dias.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uiraúna, PB
21°
Tempo nublado

Mín. 19° Máx. 34°

21° Sensação
3.44km/h Vento
80% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
05h41 Nascer do sol
05h26 Pôr do sol
Sex 31° 19°
Sáb 32° 19°
Dom 31° 21°
Seg 31° 20°
Ter 31° 19°
Atualizado às 07h06
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias