Publicidade/DigiSat

PRF na Para√≠ba inicia Operação Semana Santa 2024 nas rodovias federais de todo o estado nesta quinta

Na Operação Semana Santa, os policiais tamb√©m atuam no combate do excesso de velocidade, ultrapassagem em local proibido e na mistura √°lcool e direção.

Por PB Agora, FELIPHE ROJAS em 26/03/2024 às 21:24:42
- Foto: Reprodução/Divulgação

- Foto: Reprodução/Divulgação

A Polícia Rodovi√°ria Federal (PRF) dar√° início na madrugada da próxima quinta-feira (28), em todo o território nacional, a Operação Semana Santa 2024, que se estender√° até às 23h59 do Domingo de P√°scoa (31). As ações de fiscalização compõem o calend√°rio de fiscalização vi√°ria da PRF, na busca por promover um trânsito mais seguro durante feriados prolongados.

A Semana Santa celebra a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo com 5 dias de significado religioso para os cristãos, ela termina em 31 de março. Apenas na Sexta-feira Santa, dia 29 de março, é considerado feriado nacional. Contudo, em alguns municípios é decretado ponto facultativo a partir da quinta-feira (28). Sendo assim, a PRF realizar√° Operação tem√°tica com duração de quatro dias, onde fiscalizações serão realizadas em pontos estratégicos a fim de coibir as principais infrações de trânsito que põe em risco a segurança de todos os usu√°rios das rodovias federais.

O não uso do cinto de segurança e de outros dispositivos que reduzem a letalidade em acidentes não passarão batidos durante as fiscalizações. Deixar de usar o cinto de segurança é infração de natureza grave, com multa de R$ 195,23 e cinco pontos na carteira nacional de habilitação. A infração por estar sem capacete na moto, seja como piloto ou passageiro, é considerada gravíssima e sujeita a multa de R$293,47, suspensão do direito de dirigir e retenção do veículo. Na Operação Semana Santa, os policiais também atuam no combate do excesso de velocidade, ultrapassagem em local proibido e na mistura √°lcool e direção.

RESTRIÇÕES DE TR√ĀFEGO

A PRF também implementar√° restrições de tr√°fego para determinadas categorias de veículos durante o período do feriado. As restrições visam otimizar a segurança nas estradas, buscando reduzir a possibilidade de congestionamentos e de acidentes. As restrições irão abranger o trânsito de Combinações de Veículos de Carga (CVC), Combinações de Transporte de Veículos (CTV) e Combinações de Transporte de Veículos e Cargas Paletizadas (CTVP), ainda que autorizadas a circular por meio de Autorização Especial de Trânsito (AET) ou Autorização Específica (AE). E se aplicam apenas aos trechos rodovi√°rios de pista simples. Confira abaixo os dias e hor√°rios das Restrições de Tr√°fego durante a Operação Semana Santa 2024:

28/03/2024 – quinta-feira – 16:00 às 22:00

29/03/2024 – sexta-feira – 06:00 às 12:00

31/03/2024 – domingo – 16:00 às 22:00

Fora desses hor√°rios permanecem as regras gerais do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e das Resoluções do CONTRAN.

ORIENTAÇÕES PARA GARANTIR UMA VIAGEM SEGURA

– Primeiramente fazer um planejamento da viagem, identificar locais de parada para abastecimento, alimentação e descanso do motorista.

– Fazer uma revisão no veículo, verificando freios, luzes, nível de combustível, dentre outros itens obrigatórios e fundamentais para sua segurança.

– Verificar se a documentação do veículo e do condutor estão em dia.

– Antes de iniciar a viagem, com o veículo ainda parado, colocar o cinto de segurança e se certificar que os demais passageiros também estejam com o cinto afivelado, lembrando que as crianças deverão usar dispositivo de retenção adequado para a sua idade e peso (ex: beb√™ conforto, cadeirinha ou assento de elevação).

– No caso de motocicleta, colocar adequadamente o capacete, tanto o condutor quanto o passageiro.

– Durante a viagem, respeitar a sinalização e as normas de trânsito. Destacamos especialmente o respeito aos limites de velocidade, só ultrapassar em locais permitidos e com segurança, não transitar pelo acostamento e por fim, jamais misturar bebida e direção.

Fonte: PB Agora

Comunicar erro
Publicidade/Eletrotech

Coment√°rios

Publicidade/Armarinho Morais