Publicidade/DigiSat

Policial militar suspeito de matar estudante em Uira√ļna na Para√≠ba √© preso.

Por Fonte: G1 em 05/12/2023 às 19:51:39
Policial Militar Suspeito de matar o jovem Ramon na cidade de Uiraúna. Foto: reprodução

Policial Militar Suspeito de matar o jovem Ramon na cidade de Uiraúna. Foto: reprodução

O policial militar, Yuri Vieira da Silva, que faz parte da Pol√≠cia Militar do Cear√°, suspeito de matar o estudante Ramon Pedro de Sousa, de 25 anos, na cidade de Uira√ļna, no Sertão da Para√≠ba, foi preso na tarde desta terça-feira (5). O crime aconteceu no domingo (3).

De acordo com a Pol√≠cia Civil, o policial de 28 anos é paraibano, e teve a prisão preventiva decretada na segunda-feira (4). Nesta terça, o advogado do policial militar conduziu o suspeito até a Delegacia de Uira√ļna, e em seguida foi encaminhado para a Central de Pol√≠cia de Cajazeiras, ele foi ouvido pelas autoridades e aguarda audi√™ncia de custódia, que ser√° realizada na quarta-feira (6).

Segundo o delegado Rafael Bianchi, no depoimento, o policial militar relatou que "ele não confessou o crime, se diz inocente e alegou leg√≠tima defesa". A Pol√≠cia Civil não divulgou o nome do policial e o g1 não conseguiu contato com a defesa do policial para obter um posicionamento.

Ainda segundo o delegado, as mulheres que também aparecem no v√≠deo e que presenciaram a morte do estudante foram ouvidas na segunda-feira (4) e relataram que não o conheciam.

Crime

Ramon foi morto a tiros por um PM após festa de emancipação pol√≠tica de Uira√ļna, no Sertão da Para√≠ba. — Foto: Arquivo pessoal

Conforme a Pol√≠cia Militar de Cajazeiras, Ramon estava voltando da festa de emancipação da cidade de Uira√ļna quando foi atingido pelo militar, que seria lotado na cidade de Orós, no interior do Cear√°, mas estava na Para√≠ba participando do evento.

O corpo da v√≠tima foi encaminhado ao Instituto de Pol√≠cia Cient√≠fica de Cajazeiras para realização do exame cadavérico. A pol√≠cia segue investigando a motivação do crime.

Posicionamento da Polícia Militar do Ceará

O crime foi registrado por c√Ęmeras de segurança de uma rua do Bairro Nossa Senhora de Lourdes. As imagens mostram o estudante sendo empurrado duas vezes antes do agente atirar. Após matar o jovem, o suspeito guarda a arma. A ação foi vista por duas mulheres, que fugiram na companhia do policial.

A Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança P√ļblica e Sistema Penitenci√°rio (CGD) informou que determinou instauração de processo disciplinar em desfavor do policial e solicitou afastamento preventivo do agente.

"O inquérito policial est√° sob responsabilidade da Delegacia Regional da Para√≠ba", informou a CGD.

O policial militar foi identificado na segunda e estava foragido até esta terça-feira (5). A Pol√≠cia Militar instaurou um procedimento administrativo contra o policial a fim de apurar os fatos.

"A Pol√≠cia Militar confirma o envolvimento de um agente da Pol√≠cia Militar do Cear√° (PMCE), que j√° foi identificado, contra quem foi instaurado um procedimento administrativo a fim de apurar os fatos ocorridos neste domingo, no estado da Para√≠ba. Ademais, a Corporação ressalta que não compactua com desvios de conduta de quaisquer militares", disse a PMCE.

DELEGADO PRESTA ENTREVISTA APÓS A PRISÃO:

Comunicar erro
Publicidade/Eletrotech

Coment√°rios

Publicidade/Armarinho Morais