Publicidade/DigiSat

Em busca de apoio, Paulo Gonet vai ao Senado para conquistar votos à PGR

Indicado à Procuradoria-Geral da Rep√ļblica, o procurador se encontrou com o vice-presidente do Senado e com o l√≠der do PSD na Casa

Por Aline Brito em 29/11/2023 às 15:01:56
A sabatina de Gonet na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) está marcada para 13 de dezembro, no mesmo dia em que o nome de Flávio Dino para o Supremo Tribunal Federal (STF) será apreciado pelos s

A sabatina de Gonet na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) está marcada para 13 de dezembro, no mesmo dia em que o nome de Flávio Dino para o Supremo Tribunal Federal (STF) será apreciado pelos s

O procurador Paulo Gonet, indicado pelo presidente Luiz In√°cio Lula da Silva (PT) para a Procuradoria-Geral da República, compareceu ao Senado, nesta quarta-feira (29/11), com o objetivo de conquistar aprovação para ocupar a vaga de procurador-Geral da República, deixada por Augusto Aras em setembro deste ano.

Gonet chegou ao Senado no fim desta manhã e se encontrou com Veneziano Vital (MDB-PB), vice-presidente da Casa; e Otto Alencar (PSD-BA), líder do PSD no Senado. Em seguida, deixou o local para almoçar e retornou por volta de 13h para dar continuidade à agenda e conversar com outros senadores.

A previsão é que Gonet converse com o senador Jaques Wagner (PT-BA), líder do governo no Senado e relator do indicado de Lula à PGR, ainda nesta quarta-feira (29). O encontro deve ocorrer às 14h, no gabinete do senador.

A sabatina de Gonet na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) est√° marcada para 13 de dezembro, no mesmo dia em que o nome de Fl√°vio Dino para o Supremo Tribunal Federal (STF) ser√° apreciado pelos senadores. As votações ocorrem de forma secreta e, aprovados, os indicados seguem para sabatina no Plen√°rio da Casa, onde, cada um, precisa conquistar, pelo menos, 41 votos favor√°veis.

A expectativa dos governistas é que tanto Gonet quanto Dino sejam aprovados nas sabatinas e passem a ocupar as cadeiras na PGR e STF, respectivamente.

Fonte: Correio Braziliense

Comunicar erro
Publicidade/Eletrotech

Coment√°rios

Publicidade/Armarinho Morais