Publicidade/DigiSat

Justiça de SP decreta prisão preventiva de vizinho que roubou pais de Bruna Biancardi

A Justiça de São Paulo decretou a prisão preventiva de Eduardo Seganfredo Vasconcelos, vizinho da influenciadora Bruna Biancardi.

Por Francisco Marcos Pereira em 09/11/2023 às 15:29:51
Foto: Reprodução internet

Foto: Reprodução internet

A Justiça de São Paulo decretou a prisão preventiva de Eduardo Seganfredo Vasconcelos, vizinho da influenciadora Bruna Biancardi. O jovem de 19 anos foi preso em flagrante na terça-feira, 7, suspeito de ser o autor do assalto à casa da influenciadora, em Cotia, na Grande São Paulo. A determinação ocorreu após audiência de custódia realizada na tarde desta quarta-feira, 8. A Jovem Pan tenta contato com a defesa do investigado. O crime ocorreu na madrugada de terça-feira. Em entrevista coletiva, a delegada Mônica Gamboa detalhou a ação de Eduardo e mais dois comparsas, que seguem foragidos. O investigado, que é morador do condomínio e teria autorizado a entrada dos criminosos, não morava no condomínio até uma semana atrás. A residência é da mãe e do padrasto, que fica há cerca de 300 metros da casa da influenciadora. Não há indícios da participação de ambos. A delegada classificou a ação dos criminosos como “amadora” e disse que a falta de energia elétrica facilitou a ação dos criminosos. “Acredito que pela falta de luz, eles confiaram nessa falta de monitoramento. De fato, algumas casas, incluindo a do casal, não estavam com o circuito funcionando, mas o circuito da portaria estava”. Bruna é mãe de Mavie, fruto do relacionamento da influenciadora com o atacante Neymar.

A polícia aguarda o resultado da perícia para apontar se houve ou não arrombamento na casa. Depois que os criminosos saíram da residência, o homem se soltou e depois ajudou a esposa. Na sequência, o casal informou a portaria, que acionou a Guarda Municipal Segundo Mônica, o suspeito preso voltou ao condomínio após deixar os comparsas em outro local. Uma câmera de segurança registrou o entrada do jovem. “O carro entrou com os criminosos. Eles praticaram o roubo e depois ele (o jovem preso) saiu e levou os amigos para outro local. Voltou para o condomínio, tomou banho e foi sair novamente para fazer o rateio do roubo. Os próprios porteiros desconfiaram do movimento. Ele foi abordado quando saía para fazer a divisão das joias”, afirmou a delegada.

 

 

Fonte: Jovem Pan

Comunicar erro
Publicidade/Eletrotech

Comentários

Publicidade/Armarinho Morais