Publicidade/DigiSat

PRF recupera dois ve√≠culos com registro de apropriação ind√©bita na Para√≠ba

Por PB Agora em 21/09/2023 às 00:09:15
- Foto: Reprodução/Divulgação

- Foto: Reprodução/Divulgação

A Polícia Rodovi√°ria Federal (PRF) recuperou, na tarde da última terça-feira (19) e na manhã de hoje (20), em Campina Grande e Cabedelo, um Fiat Toro e um Fiat Argo, ambos com registro de apropriação indébita. Dois indivíduos foram detidos durante as fiscalizações.

Equipe policial realizava fiscalização na BR 230, próximo à Unidade Operacional da PRF de Santa Terezinha, no município de Campina Grande, por volta das 15h06, quando visualizou e abordou um Fiat Toro para realização de fiscalização de rotina. Durante a abordagem, foram solicitados os documentos de identificação do condutor e do veículo. Por meio de consultas aos sistemas de segurança, foi identificado um registro de apropriação indébita em desfavor do automóvel. Em contato com a legítima propriet√°ria do carro, ela informou que o indivíduo não arcou com o compromisso verbal de pagar todas as prestações, financiamentos, multas, emplacamentos e avarias. Diante dos fatos narrados, o condutor, um homem de 61 anos, foi detido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Judici√°ria, onde poder√° responder criminalmente por apropriação indébita.

A segunda ocorr√™ncia se deu também na BR 230, desta vez no município de Cabedelo, às 08h46, quando um Fiat Argo foi abordado. Seguindo os protocolos de fiscalização, foi realizada a identificação veicular, sendo constatado que o automóvel tinha um registro de apropriação indébita registrada em Minas Gerais h√° exatos seis anos. O condutor relatou haver comprado o carro h√° mais de um ano, na Bahia, onde teria pago uma parte à vista e outra parcelada, ele informou que após o pagamento não conseguiu mais contato com o vendedor para realizar a transfer√™ncia. Em contato com a pessoa que consta como propriet√°ria do veículo, os policiais foram informados por ele que o carro foi adquirido utilizando documentos falsos com os seus dados, onde tomou conhecimento apenas quando recebeu boleto com a prestação. Diante dos fatos, o condutor foi detido e encaminhado para Polícia Judici√°ria, onde poder√° responder criminalmente por apropriação indébita.

Fonte: PB Agora

Comunicar erro
Publicidade/Eletrotech

Coment√°rios

Publicidade/Armarinho Morais