Publicidade/DigiSat

Bolsonaro ser√° internado hoje para passar por duas cirurgias

Um terceiro procedimento cir√ļrgico no ex-presidente Jair Bolsonaro, de desvio de septo, est√° previsto, mas ainda não tem data definida

Por Ândrea Malcher - Correio Braziliense em 11/09/2023 às 07:00:43
O quadro de suboclusão intestinal que acomete o ex-presidente foi provocado pela facada que atingiu Bolsonaro, em 2018, durante a campanha eleitoral - (crédito: ED ALVES/CB/D.A.Press)

O quadro de suboclusão intestinal que acomete o ex-presidente foi provocado pela facada que atingiu Bolsonaro, em 2018, durante a campanha eleitoral - (crédito: ED ALVES/CB/D.A.Press)

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) ser√° internado, nesta segunda-feira (11/9), no Hospital Vila Nova Star em São Paulo, em preparação para duas cirurgias: uma de correção das alças intestinais, partes móveis do órgão que, se obstruídas podem impedir que fezes se movimentem de forma adequada, causando dor, acúmulo de gases e dificuldade para evacuar, e outra que corrigir√° uma hérnia de hiato, o que provoca refluxo, estão marcadas para serem realizadas nesta terça-feira (12/9).

Um terceiro procedimento cirúrgico, de desvio de septo, est√° previsto, mas ainda não tem data definida. Segundo o advogado de Bolsonaro, F√°bio Wajngarten, caso ocorra tudo normalmente, a cirurgia poder√° ser feita no mesmo dia. Não foram divulgados quais sintomas poderiam ter motivado as cirurgias.

Em agosto, Bolsonaro ficou internado em São Paulo para coleta de exames preparatórios para as cirurgias, como tomografias, colonoscopia, endoscopia e uma prova de função pulmonar, além de um ultrassom de abdômen total.

O quadro de suboclusão intestinal que acomete o ex-presidente foi provocado pela facada que atingiu Bolsonaro, em 2018, durante a campanha eleitoral. A suboclusão implica que ele apresenta uma obstrução parcial do tubo digestivo. Desde 2018, Bolsonaro j√° realizou seis cirurgias relacionadas ao episódio.

A internação ocorre em meio à homologação da delação premiada de seu ex-ajudante de ordens, o tenente-coronel Mauro Cid. Nas redes sociais, Bolsonaro não comentou o desdobramento e se resumiu a publicar um vídeo antigo em que aparece dizendo que "as tr√™s pequenas frases que eu mais ouço quando estou no meio do povo: 'não desista'; 'Deus te abençoe' e 'estamos orando por voc√™'".

Fonte: Correio Braziliense

Comunicar erro
Publicidade/Eletrotech

Coment√°rios

Publicidade/Armarinho Morais