Publicidade

Dois veículos com queixas de roubo/furto são recuperados pela PRF

A caminhonete e o automóvel de passeio deverão passar pelos trâmites necessários para serem devolvidos aos seus legítimos donos.

Por PB Agora em 24/01/2023 às 12:21:04
- Foto: Reprodução/Divulgação

- Foto: Reprodução/Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou, na última segunda-feira (23), em ocorrências distintas, uma caminhonete S10 e um VW/Fox. Um homem fugiu e outro foi preso durante as ações.

Equipe da PRF realizava fiscalização na BR 101, km 51, por volta das 10h, no município de Mamanguape, quando visualizou uma S10 branca que tracionava uma carretinha sem placa de identificação. Na oportunidade, os policiais iniciaram procedimento de abordagem a fim de realizar uma inspeção. O condutor, ao visualizar a aproximação da equipe policial, evadiu-se da fiscalização, fugindo a pé pelo matagal às margens da rodovia. Diligências foram feiras, mas não foi possível localizá-lo. Seguindo o protocolo, o veículo foi inspecionado, e através de consultas aos sistemas de segurança foi constatado que o mesmo tinha um registro de furto datada de janeiro desse ano em Campina Grande, agreste paraibano.

A segunda ocorrência se deu na BR 230, km 36, por volta das 19h30, em Santa Rita, quando agentes da PRF visualizaram um VW/ Fox. Foi dada ordem de parada e iniciados os procedimentos de fiscalização, constatado através de inspeção minuciosa dos elementos identificadores que o veículo estava adulterado, tratava-se de um clone, similar a outro veículo com as mesmas características. O automóvel tinha um registro de roubo e furto de dezembro de 2022 em Olinda/PE. O condutor, um homem de 35 anos, foi detido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Judiciária pelo crime de receptação.

A caminhonete e o automóvel de passeio deverão passar pelos trâmites necessários para serem devolvidos aos seus legítimos donos.

A PRF alerta que qualquer pessoa que tenha seu veículo roubado ou furtado pode acessar o site www.prf.gov.br/sinal e registrar a ocorrência. Os dados são imediatamente encaminhados para os celulares funcionais dos policiais de serviço em um raio de 100 km do local onde aconteceu o roubo ou o furto. As informações também podem ser repassadas através do telefone de emergência 191. A PRF ressalta que o registro no sistema Sinal não exclui a necessidade do boletim de ocorrência na Polícia Civil.

Fonte: PB Agora

Comunicar erro
Publicidade

Comentários

Publicidade/Armarinho Morais