Publicidade/DigiSat

Manifestantes golpistas invadem e promovem quebra-quebra no prédio do Supremo.

Por Fonte: Consultor Jurídico em 08/01/2023 às 17:08:04
Foto: Consultor Jurídico

Foto: Consultor Jurídico

Um grupo de manifestantes bolsonaristas radicais invadiu na tarde deste domingo (8/1) o prédio do Supremo Tribunal Federal e promoveu um quebra-quebra na sede da principal corte da Justiça brasileira. O plen√°rio do STF foi destruído pelos golpistas, que não se conformam com a derrota de Jair Bolsonaro nas eleições presidenciais de 2022 e pedem um golpe militar no Brasil.

Minutos antes da invasão ao Supremo, os golpistas haviam invadido e depredado também o Congresso Nacional, após romper barreiras de proteção instaladas pelas forças de segurança do Distrito Federal e da Força Nacional. Formado por centenas de pessoas, o grupo entoava palavras de ordem e carregava cartazes pedindo o golpe militar.

Depois da invasão ao Congresso, os manifestantes avançaram para a Praça dos Tr√™s Poderes, onde houve confronto. A Polícia Militar utilizou bombas de efeito moral e balas de borracha contra os manifestantes golpistas, que revidaram com rojões.

Houve também invasão ao Pal√°cio do Planalto, o local de trabalho do presidente da República. Vídeos feitos pelos próprios invasores mostram os v√°rios danos causados por eles. Alguns golpistas conseguiram chegar até mesmo ao andar em que fica o gabinete do presidente Luiz In√°cio Lula da Silva (PT).

Força Nacional

Horas antes da invasão, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Fl√°vio Dino, havia autorizado o emprego da Força Nacional de Segurança Pública para atuar na capital federal, entre a Rodovi√°ria do Plano Piloto e a Praça dos Tr√™s Poderes. Segundo a pasta, a medida foi adotada "em razão das manifestações políticas no centro da capital federal".

O objetivo era garantir a ordem pública e os patrimônios públicos e privados, "em car√°ter episódico e planejado, nos dias 7, 8 e 9 deste m√™s de janeiro", em meio à chegada de alguns ônibus com manifestantes contr√°rios ao resultado das eleições.

A invasão dos golpistas às sedes dos Tr√™s Poderes da República foi precedida por um final de semana de grande movimentação de manifestantes em direção a Brasília. Veículos de informação noticiaram a chegada de cerca de 80 ônibus, em momento em que os acampamentos em frente aos prédios militares começaram a serem desmontados. Com informações da Ag√™ncia Brasil.

Comunicar erro
Publicidade/Eletrotech

Coment√°rios

Publicidade/Armarinho Morais