Publicidade/DigiSat

Jô Soares, Elizabeth 2ª, Gal Costa e Olavo de Carvalho: Relembre as mortes que abalaram o mundo em 2022

Por Francisco Marcos Pereira em 31/12/2022 às 22:28:32

Se em 2021 muitas mortes impactaram a nível global — sobretudo as precoces partidas de Paulo Gustavo, Marília Mendonça e Bruno Covas —, não foi diferente em 2022. No Brasil, especialmente, artistas do mundo do humor, da música e das artes cênicas deram adeus. Ídolos da MPB do último século, como Gal Costa, Erasmo Carlos e Elza Soares, marcaram as grandes perdas de 2022, com velórios calorosos com a presença de fãs, familiares e amigos. Entre a causa das mortes, alguns infartos, problemas respiratórios e casos de câncer. Personalidades da política e do esporte, como Olavo de Carvalho e Isabel Salgado também se foram neste ano.

Relembre as mortes que impactaram o mundo em 2022

Janeiro

Batoré

O ator e humorista Ivanildo Gomes Nogueira, conhecido por sua participação do programa “A Praça É Nossa”, morreu em janeiro deste ano, após sofrer uma parada cardiorrespiratória. Ele tinha 61 anos e tratava de um câncer no Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirituba, na zona norte da capital paulista. Batoré também chegou a participar da novela “Velho Chico”, da Rede Globo e, na vida política, foi vereador da cidade de Mauá, em São Paulo.

Batoré com o filho, Ivann Mastronardi

Ivann Mastronardi compartilhou alguns momentos que viveu com o pai, Batoré | (Reprodução/Instagram/mastronardiivann/11.01.2022)

Elza Soares

A cantora Elza Soares foi uma das personalidades que morreu neste ano. Grande voz da música brasileira e ex-esposa do jogador Mané Garrincha, ela morreu por causas naturais no dia 20 de janeiro. A estrela do MPB vivia uma nova fase na carreira, com composições e shows pelo país com o disco “Planeta Fome”. Após sua morte, a equipe da cantora lançou um álbum póstumo, ao vivo no Theatro Municipal de São Paulo, com repertório de toda sua carreira. Famosos do mundo inteiro, como a cantora Beyoncé, homenagearam a lenda da música negr.

Elza Soares vestida de branco

Cantora morreu no Rio de Janeiro, aos 91 anos | (FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDO)

Olavo de Carvalho

Filósofo e articulador político, Olavo de Carvalho morreu no dia 24 de janeiro deste ano, por insuficiência respiratória. O pensador vivia em Vírginia, nos Estados Unidos, e foi um dos maiores guias ideológicos de políticos como Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro, Ernesto Araújo, Filipe Martins e Carla Zambelli. Seus livros, como ”O Mínimo que Você Precisa Saber para Não Ser um Idiota” chegaram à lista de mais vendidos do país na última década. O governo federal lamentou a morte de Carvalho e decretou luto oficial de um dia.

Olavo de Carvalho em frente à sua biblioteca com as mãos entrelaçadas

O filósofo Olavo de Carvalho morreu na segunda-feira, 24 de janeiro | (Reprodução/YouTube/Olavo de Carvalho)

Fevereiro

Arnaldo Jabor

O cineasta e jornalista Arnaldo Jabor morreu aos 81 anos, vítima de um AVC, no dia 15 de fevereiro. Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde dezembro de 2021. Jabor fez trabalhos com grandes nomes do cinema nacional, como Sônia Braga e Fernanda Torres. Nos anos 90, escreveu grandes best-sellers como “Amor É prosa, Sexo É poesia” e “Pornopolítica”. Personalidades como Luciano Huck, Ana Maria Braga e Eduardo Paes lamentaram sua morte nas redes sociais.

Arnaldo Jabor posando para foto

Arnaldo Jabor sofreu um AVC | (TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO CONTEÚDO)

Paulinha Abelha

Paulinha Abelha, que foi vocalista da banda de forró Calcinha Preta, morreu em fevereiro deste ano, aos 43 anos. A cantora ficiou internada no Hospital Unimed Sergipe em razão de uma insuficiência renal e uma inflamação do cérebro. Os exames de Abelha constavam a presença de diversos remédios, como redutores de apetite, remédio tarja preta, calmante e suplemento alimentar. Os fãs de Calcinha Preta, integrantes e o ex-marido lamentaram a morte de Paulinha.

paulinha abelha

Paulinha Abelha comoveu fãs e integrantes de sua antiga banda | (Reprodução/Instagram/@paulinhaabelha)

Março

Taylor Hawkins

Baterista da banda de rock Foo Fighters, Taylor Hawkins morreu na Colômbia, em março deste ano. Vítima de uma overdose, a polícia encontrou em seu sangue substâncias como heroína, maconha e antidepressivos. A morte chocou, em especial, os fãs brasileiros, que esperavam um show do grupo no mesmo final de semana, no festival Lollapalooza Brasil. O evento substituiu a banda pelo quarteto brasileiro Planet Hemp e fez uma série de homenagens para o músico estadunidense. O Foo Fighters também se reuniu com artistas próximos ao baterista para dois shows em homenagem, que incluíram Miley Cyrus, Joan Jett e Travis Barker.

Seguidores de Taylor Hawkins lo homenajean en emotiva despedida en Bogotá

Taylor Hawkins morreu de oversode na Colômbia | (EFE/ Mauricio Dueñas Castañeda)

Tom Parker (The Wanted)

Cantor do sucesso “Glad You Came”, Tom Parker morreu em março de 2022, aos 33 anos. O britânico enfrentava um câncer no cérebro desde o segundo semestre de 2020. A banda The Wanted, que havia se separado em 2014, preparava uma volta aos palcos em 2021. Parte do dinheiro arrecadado para as apresentanções, segundo a banda, seria revertido em pesquisas para o combate ao câncer, em homangem ao colega de banda. Nos últimos dias de vida, Parker chegou a acompanhar o grupo nos bastidores. Mesmo debilitado, o músico escreveu uma biografia sobre a sua trajetória de vida.

Tom Parker, do The Wanted

Tom Parker era membro da banda The Wanted | (Reprodução/Instagram/being_kelsey)

Abril

Freddy Rincón

Ídolo do Corinthians, o jogador de futebol colombiano Freddy Rincón morreu em abril deste ano. Ele foi vítima de um acidente de trânsito em Cali, na Colômbia. Rincón chegou a ser internado e passou por procedimentos cirúrgicos, mas não resistiu. O atleta, que se aposentou em 2004, formou histórica dupla com Vampeta no meio-campo do Timão. No Brasil, também defendeu Palmeiras, Santos e Cruzeiro e foi técnico do time Flamengo de Guarulhos. Ele ainda atuou como comentarista esportivo da TV colombiana. Seu enterro comoveu uma multidão de torcedores na Colômbia e recebeu homenagens de diversos clubes brasileiros, inclusive alguns em que ele nunca jogou, como Flamengo e São Paulo.

Ao lado de quadro que retrata seu gol, Rincón sorri e vibra com a camisa vermelha da seleção colombiana

O ex-jogador Freddy Rincón com a camisa vermelha da seleção colombiana | (Reprodução/Instagram/@freddyrinconoficial)

Lygia Fagundes Telles

Autora de livros celebrados em todo mundo, a brasileira Lygia Fagundes Telles morreu em abril deste ano. Morta aos 98 anos, a paulista fazia parte da Academia Brasileira de Letras, ganhou o prêmio Jabuti de literatura três vezes e chegou a ser indicada para o Nobel da Literatura em 2016. Segundo comunicado da Academia Paulista de Letras, a escritora morreu de causas naturais. Entre seus livros mais famosos, estão as obras “As Meninas” e “Ciranda de Pedra”

Uma das mais amadas escritoras brasileiras morreu na manhã do domingo, 3 de abril | (EDUARDO NICOLAU/ESTADÃO CONTEÚDO)

Maio

Milton Gonçalves

No dia 30 de maio, o ator Milton Gonçalves morreu vítima de problemas de saúde em decorrência de um AVC sofrido em 2018. Conhecido por seus papéis em novelas da Rede Globo, como “Sinhá Moça” e “A Favorita”, o artista tinha 88 anos e foi o primeiro brasileiro a apresentar o prêmio internacional de cinema Emmy. Nas redes sociais, dezenas de artistas lamentaram sua morte, entre eles colegas que fez na emissora durante os seus 50 anos de parceria, como Mateus Solano e Lázaro Ramos.

Velório Milton Gonçalves

Gonçalves foi o primeiro brasileiro a apresentar o prêmio internacional de cinema Emmy | (LORANDO LABBE/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO)

Junho

Aline Borel

Conhecida por seus memes nas redes sociais, a carioca Aline Borel morreu no Rio de Janeiro, em junho de 2022. A cantora foi morta a tiros na praia de Araruama, na capital fluminense, por criminosos que a acusavam de suposto envolvimento com grupo de mílicias que disputavam o local onde ela morava. A morte da influenciadora gerou comoção entre famosos, como Maisa Silva e Linn da Quebrada.

Aline do borel

Influenciadora e cantora deixou as redes sociais em 2019 por causa da depressão | (Repodução/Instagram/@alineboreloficial)

Julho

João Paulo Diniz

Filho do bilionário Abílio Diniz, João Paulo Diniz morreu em julho, aos 58 anos, após sofrer um infarto fulminante. Diniz era um dos seis filhos de Abílio e também responsável por administrar uma empresa própria do setor de finanças. João Paulo era pai de três filhos e gostava de praticar esportes e atividades físicas. Ele foi vítima de um mal súbito em Paraty, onde tinha uma casa.

João Paulo Diniz

João Paulo Diniz morreu aos 58 anos | (Iara Morselli/Estadão Conteúdo)

Agosto

Mikhail Gorbachev

Ex-líder da União Soviética, Mikhail Gorbachev faleceu em agosto desse ano. Ele foi o último líder da URSS e responsável pela reestruturação econômica e abertura política do bloco. O russo foi relembrado por líderes da ONU pelo seu papel para apaziguamento das crises políticas internacionais dos anos 90, com a Guerra Fria. Autoridades russas afirmam que o ex-presidente, morto aos 91 anos, foi vítima de uma doença, mas não revelaram qual. O atual primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin, prestou condolências a Gorbachev.

Mikhail Gorbachev morre

Mikhail Gorbachev tinha 92 anos e acabou com a Guerra Fria sem derramar sangue | (Reuters)

Jô Soares

O humorista e apresentador José Eugênio Gomes Soares, popularmente conhecido como Jô Soares, morreu no dia 5 de agosto deste ano, aos 84 anos. Ele estava internado havia pouco mais de uma semana no Hospital Sírio-Libanês, e e sua família optou por não divulgar a causa da morte. Seu funeral foi restrito a familiares e amigos próximos. Sucesso do humor e do universo dos talk-shows, a morte de Jô abalou colegas de trabalho, como Xuxa, Danilo Gentilli e Antonio Tabet.

Jô Soares

Jô Soares morreu na sexta-feira, 5, aos 84 anos, em São Paulo | (GABRIELA BILÓ / ESTADÃO CONTEÚDO)

Claudia Jimenez

Atriz conhecida pelo seu trabalho na Rede Globo, Claudia Jimenez morreu no Rio de Janeiro por insuficiência cardíaca. A humorista tinha 63 anos e, desde o final dos anos 80, sofria de problemas cardiovasculares. Em 1986, foi diagnosticada com câncer no mediastino. Nos anos seguintes, em 1999, 2012 e 2014, Claudia passou por cirurgias relacionadas ao sistema cardiovascular. Na TV, participou de programas como “Escolinha do Professor Raimundo” e “Sai de Baixo”.

Claudia Jimenez

Claudia Jimenez morreu aos 63 anos de idade | (Reprodução/Facebook/Claudia Jimenez)

Olivia Newton-John

A atriz e cantora Olivia Newton-John morreu aos 73 anos, em agosto deste ano. Ela fez parte do elenco de Grease, no qual foi par romântico do galã John Travolta. A artista teve um diagnóstico de câncer de mama e se cuidava em um rancho com a família na Califórnia. Seu marido, John Easterling, deu a notícia da morte de Newton-John, afirmando que ela havia morrido em paz. John Travolta lamentou a morte da britânica e declarou seu eterno amor por Olivia nas redes sociais.

Atores de filme posam para foto

Olivia Newton-John, atriz e cantora britânica naturalizada australiana, morreu aos 73 anos | (Divulgação/Grease)

Ayman al-Zawahiri

Líder do grupo fundamentalista islâmico Al-Qaeda, Ayman al-Zawahiri foi morto em uma operação militar no Afeganistão. Al-Zawahiri foi um dos responsáveis pelo ataque às torres gêmeas em setembro de 2001, nos Estados Unidos. Em comunicado, o presidente americano Joe Biden elogiou a captura do líder, agradeceu aos soldados e afirmou que a morte do afegão foi uma “justiça”. Nascido no Egito, Ayman foi sucessor de Osama Bin Laden.

Líder da Al Qaeda

Ayman al-Zawahiri, em vídeo de 2012 divulgado pela Al Qaeda | (AFP)

Setembro

Rainha Elizabeth 2ª

A rainha Elizabeth 2ª morreu em setembro deste ano, aos 96 anos, como monarca mais longeva da história da coroa britânica. Seu filho, Charles, assumiu o ofício como rei em uma solenidade realizada no Reino Unido. O funeral da rainha contou com a participação de líderes mundiais, como o presidente Jair Bolsonaro, e movimentou milhares de admiradores em todo o território britânico. A monarca foi enterrada ao lado de seu pai, o rei George VI, e de seu marido, príncipe Philip. A causa da morte de Elizabeth não foi divulgada.

rainha elizabeth II desejo

Funeral na rainha contou com presença de líderes mundiais | (Chris Jackson / POOL / AFP)

Outubro

Robbie Coltrane

Ator da franquia “Harry Potter”, Robbie Coltrane morreu aos 72 anos, vítima de problemas de saúde não divulgados à imprensa. Nas adaptações dos livros de J. K. Rowlling, o escocês viveu o personagem Rubeus Hagrid. Colegas de set de filmagens, a autora da saga e os atores Daniel Radcliffe (Harry Potter), Matthew Lewis (Neville Longbottom) e Emma Watson (Hermione Granger) lamentaram a morte de Coltrane, relembraram momentos juntos e prestaram condolências aos familiares.

Robbie Coltrane

Robbie Coltrane interpretou Rubeus Hagrid em “Harry Potter” | (Reprodução/Warner)

Novembro

Christine McVie

Conhecida pelo seu trabalho na banda de rock inglês Fleetwood Mac, Christine McVie morreu no dia 30 de novembro, aos 79 anos. Nas redes sociais, a família da artista afirmou que sua morte foi causada por uma “doença repentina”, sem mais detalhes. A cantora fez parte do álbum de maior sucesso do grupo, “Rumours”, conhecido pelas músicas “The Chain” e Dreams”. O Fleetwood Mac emitiu uma nota em homenagem a Mcvie na data de sua morte.

Christine McVie

Christine McVie, do Fleetwood Mac, morreu aos 79 anos | (Reprodução/Instagram/@Fleetwood Mac)

Erasmo Carlos

Grande ídolo da Jovem Guarda, Erasmo Carlos morreu aos 81 anos, no Rio de Janeiro. Ele passou 20 dias internado, mas não resistiu. Em comunicado emitido pelo hospital Barra D’or, o cantor teve um quadro de paniculite complicada por sepse de origem cutânea. Erasmo estava em turnê e chegou a cancelar shows em Miami e Orlando. Famosos Fafá de Belém e Daniela Mercury, além do eterno parceiro Roberto Carlos, lamentaram morte do artista.

Eramos Carlos foi um dos maiores cantores do rock brasileiro | (Reprodução/Instagram/@erasmocarlosbr)

Luiz Antônio Fleury Filho

Ex-governador do Estado de São Paulo, Luiz Antônio Fleury Filho morreu aos 73 anos, na capital paulista. Colecionador de polêmicas, o político governava o Estado quando ocorreu o massacre do Carandiru, em 1992. Em sua vida pública, Fleury foi também deputado federal e secretário de Segurança Pública. Foi filiado ao MDB e ao PTB. Figuras de diferentes espectros políticos, como Ciro Gomes e Baleia Rossi, lamentaram a morte do ex-governador, que morreu de insuficiência cardíaca.

Luiz Antônio Fleury

Fleury Filho morreu aos 73 anos, na capital paulista | (MONALISA LINS/ESTADÃO CONTEÚDO)

Guilherme de Pádua

Ex-ator, Guilherme de Pádua foi vítima de um infarto. Assassino da atriz Daniela Perez, ele morreu no dia 6 de novembro, em Belo Horizonte, e deixou a esposa e um filho. Neste ano, o caso do assassinato da filha de Gloria Perez voltou à tona após o lançamento da série documental ”Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez”, da HBO Max. Longe das grades, Guilherme de Pádua havia cumprido sua pena e era pastor da Igreja Batista da Lagoinha, na capital mineira. Raúl Gazolla, viúvo de Daniella Perez, comemorou a morte de Pádua. “Já foi tarde”, disse.

Guilherme de Pádua

Guilherme de Pádua foi vítima de um infarto | (Reprodução/YouTube/Guilherme de Pádua)

Takeoff

Membro do grupo de hip-hop Migos, o rapper Takeoff morreu após ser baleado na cabeça no Texas, nos Estados Unidos. O caso ocorreu no dia primeiro de novembro, quando o artista presenciava um tiroteio em uma pista de boliche na cidade de Houston junto de Quavo, colega de banda. Migos viria pela primeira vez ao Brasil em setembro deste ano, para o dia de Justin Bieber no Rock In Rio, mas cancelou a apresentação alguns dias antes. A morte do colega abalou Quavo, que planejava lançar projetos ao lado de Takeoff como um duo.

rapper Takeoff

Takeoff fazia parte do grupo de hip-hop Migos | Reprodução/Instagram/yrntakeoff

Isabel Salgado

A atleta Isabel Salgado morreu em novembro 2022. Conhecida pela sua atuação no vôlei brasileiro, a carioca tinha 62 anos e foi vítima de uma síndrome respiratória causada por uma bactéria no pulmão. Isabel chegou a atuar no vôlei de praia e, recentemente, havia sido indicada para integrar a equipe de transição de Luiz Inácio Lula da Silva na pasta de esportes. Ela deixou três filhos.

Isabel Salgado morreu aos 62 anos

Isabel Salgado morreu aos 62 anos | (MARCOS ARCOVERDE/ESTADÃO CONTEÚDO)

Roberto Guilherme

Conhecido por viver o personagem Sargento Pincel em “Os Trapalhões”, Roberto Guilherme morreu aos 84 anos, em novembro de 2022. Diagnosticado com câncer em 2018, o ator estava internado em um hospital da zona sul de São Paulo para sessões de quimioterapia. Seus colegas de programa, como Renato Aragão e Dedé Santana, lamentaram sua morte e prestaram homenagem nas redes sociais.

Roberto Guilherme

Roberto Guilherme interpretou o Sargento Pincel em “Os Trapalhões’ | Reprodução/Instagram/sgtpincel1

Gal Costa

Sucesso da tropicália, a cantora Gal Costa morreu aos 77 anos, no dia 9 de novembro, em São Paulo. Gal estava se recuperava de uma cirurgia no nariz e havia cancelados shows que aconteceriam uma semana antes da sua morte, como o do festival Primavera Sound. A artista deixou um filho adolescente e a esposa, Wilma Petrillo. Dona de uma das vozes mais cultuadas da música brasileira (e fora do país), teve seu velório aberto ao público, com milhares de fãs. A causa da morte de Gal não foi divulgada.

Gal Costa morreu nesta quarta-feira, 9, aos 77 anos

Gal Costa morreu nesta quarta-feira, 9, aos 77 anos | (JOCA DUARTE/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)

Pelé

Depois de ficar um mês internado no Hospital Albert Einstein, o ex-jogador, ídolo do Santos e da Seleção Brasileira e considerado o maior de todos os tempos do futebol Pelé morreu. Ele estava tratando um câncer no cólon, mas não resistiu e morreu na tarde de quinta-feira, 29. Seus filhos e netos estavam com ele no momento da morte. A notícia parou o mundo do futebol e o Rei recebeu diversas homenagens tanto de jogadores quanto de figuras públicas como Emmanuel Macron e Barack Obama.

Pelé, o rei do futebol

Pelé o maior ídolo da história do Santos e da seleção brasileira | (EFE/Sebastiao Moreira)

Papa Emérito Bento XVI

No começo da manhã do dia 31 de dezembro, o Papa Emérito Bento XVI morreu aos 95 anos. Joseph Ratzinger nasceu em 1927 e foi o pontífice da Igreja Católica entre 2005 e 2013, quando renunciou ao cargo, sendo substituído por Francisco. A morte foi divulgada pelo Vaticano, que informou que o velório acontecerá apenas no dia 5 de janeiro na Basílica de São Pedro, no Vaticano.

papa bento xvi

De acordo com o papa Francisco, o estado de saúde de Bento XVI teria se agravado recentemente (ANDREW MEDICHINI/ASSOCIATED PRESS/ARQUIVO ESTADÃO)

Fonte: Jovem Pan

Comunicar erro
Publicidade/Eletrotech

Comentários

Publicidade/Armarinho Morais