Publicidade

Cantora de "Fame" e "Flashdance", Irene Cara morre aos 63 anos na Flórida

Por Francisco Marcos Pereira em 26/11/2022 às 13:47:07

A diva da música disco e pop nos anos 1980 Irene Cara morreu nesta sexta-feira, 25, aos 63 anos de idade, na Flória, Estados Unidos. Internacionalmente conhecida por cantar a música tema do filme “Flashdance”, Irene teve uma carreira sólida no entretenimento, não só como cantora, mas também atriz. Ela desempenhou o papel de “Coco Hernandez” no sucesso de bilheteria “Fame”. A morte da artista foi divulgada no seu perfil oficial do Twitter pela publicitária dela, Judith Moose, que publicou um texto informando que a cantora morreu em sua casa em Miami. Moose também disse que um memorial será planejado para os fãs. “É com profunda tristeza que, em nome de sua família, anuncio o falecimento de Irene Cara. A atriz, cantora, compositora e produtora vencedora do Oscar faleceu em sua casa na Flórida. A causa da morte dela é atualmente desconhecida e será divulgada quando as informações estiverem disponíveis. A família de Irene pediu privacidade enquanto processa sua dor. Ela era uma alma lindamente talentosa cujo legado viverá para sempre através de sua música e filmes”, diz a mensagem publicada na rede social.

Cara foi treinada em música, dança e atuação quando criança e apareceu no palco e na TV – incluindo aparições no The Tonight Show, de Johnny Carson, em uma idade jovem na década de 1970. Ela disparou para o estrelato quando foi escalada para o musical “Fame” (1980). Inicialmente escalada como dançarina, terminou ficando com o papel de Coco, no qual cantou a famosa faixa-título da produção. A performance lhe rendeu dois prêmios Grammy, um de Melhor Artista Revelação e outro Melhor Artista Pop Feminina. Depois, pelo filme “Flashdance”, ela então ganhou um Grammy e um Oscar em 1984, também com a faixa-título: “Flashdance – What A Feeling”. A estrela continuou com sua carreira de atriz e música, aparecendo em filmes como DC Cab e City Heat, além de se apresentar em teatro e filmes ao vivo. Irene também formou uma banda só de mulheres – Hot Caramel – em 1999. Em 2004, ela recebeu duas honras com uma introdução no Hall da Fama do Ciboney Cafe e um Lifetime Achievement Award apresentado no Prestige Awards anual.

Fonte: Jovem Pan

Comunicar erro
Publicidade

Comentários

Publicidade/Armarinho Morais