Publicidade

RN registra crescimento de 30,8% de trabalhadores no setor de serviços entre 2011 e 2020, diz IBGE

Levantamento divulgado nesta quarta-feira (24) também destaca que RN representa 5,9% do setor de serviços do Nordeste.

Por G1 RN em 25/08/2022 às 19:01:34
RN registra crescimento de 30,8% de trabalhadores no setor de serviços entre 2011 e 2020, diz IBGE - Foto: Jorge Júnior/Rede Amazônica/Arquivo g1

RN registra crescimento de 30,8% de trabalhadores no setor de serviços entre 2011 e 2020, diz IBGE - Foto: Jorge Júnior/Rede Amazônica/Arquivo g1

A Pesquisa Anual de Serviços (PAS) de 2020, divulgada nesta quarta-feira (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que o número total de trabalhadores em serviços no Rio Grande do Norte saiu de 101.878 em 2011 e chegou a 133.302 em 2020. O crescimento é de 30,8%.

Com esse número, o RN ocupava, em 2020, a quarta colocação do Nordeste em número de pessoas neste setor.

No comparativo entre 2019 e 2020, o estado teve uma queda de 1,1% em número de trabalhadores ocupados no setor de serviços.

A Pesquisa Anual de Serviços (PAS) também mostrou que houve um aumento de 92% no número de trabalhadores empregados no setor de serviços profissionais, administrativos e complementares, que pagou cerca de R$ 1,3 bilhão em salários no ano de 2020. O RN foi o segundo estado que mais cresceu, atrás apenas da Paraíba.

Na área de serviços, essa é a categoria que mais emprega no RN, com uma fatia de 34,3% de toda a receita bruta do setor.

O setor de serviços profissionais, administrativos e complementares abrange os serviços técnicos e profissionais, escritórios de advocacia, contabilidade, seleção e alocação de mão de obra e agências de viagens.

RN representa 5,9% do setor de serviços do Nordeste

Com receita bruta de prestação de serviços em R$ 11 bilhões, o RN representa 5,9% do setor de serviços na região Nordeste, de acordo com a Pesquisa Anual de Serviços (PAS).

Segundo o levantamento do IBGE, o RN manteve a quinta maior participação entre os estados da região e continuou atrás de Maranhão (7,2%), Ceará (18,2%), Pernambuco (21,9%) e Bahia (30,9%).

No país, o RN manteve a 18ª posição e continua representando, percentualmente, o mesmo 0,6% da receita bruta produzida pelo Brasil registrado em 2011.


Fonte: G1 RN

Comunicar erro
Publicidade

Comentários

Publicidade/Armarinho Morais