Publicidade

Reservatórios do Rio Grande do Norte têm aumento de volume após chuvas, aponta Igarn

Monitoramento é feito em 47 reservatórios com capacidade superior a 5 milhões de metros cúbicos.

Por G1 RN em 09/08/2022 às 14:31:44
Açude do Morcego, em Campo Grande - Foto: Canindé Soares/Arquivo

Açude do Morcego, em Campo Grande - Foto: Canindé Soares/Arquivo

O monitoramento do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn) mostra que houve aumento do volume em alguns reservatórios do Rio Grande do Norte após as últimas chuvas. O relatório foi divulgado nesta segunda-feira (8).

É o caso da barragem Tabatinga, em Macaíba, que acumula 28.881.562 m³ (32,15% da sua capacidade total). No último relatório divulgado, o reservatório estava com 27.438.187 m³, correspondentes a 30,54% do total.

Já em Poço Branco, a barragem do município acumula 36.862.203 m³ (27,1% da sua capacidade total), No mais recente levantamento, o reservatório estava com 35.509.654 m³, correspondentes a 26,11% da totalidade de sua capacidade.

O Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), monitora 47 reservatórios, com capacidades superiores a 5 milhões de metros cúbicos, responsáveis pelo abastecimento das cidades potiguares.

Também foram registrados aumentos no açude Morcego, em Campo Grande; e no açude Bonito II, em São Miguel. As reservas hídricas superc

Ainda segundo o levantamento, o volume total das reservas hídricas segue acima dos 50%. O acumulado é de 2.362.836.839 m³, percentualmente, 53,98% da sua capacidade total, que é de 4.376.444.842 m³.

Maiores reservatórios

Maior reservatório do Rio Grande do Norte, a barragem Armando Ribeiro Gonçalves, acumula 1.504.189.524 m³, 63,39% da sua capacidade total.

Segundo maior reservatório do RN, Santa Cruz do Apodi acumula 260.089.555 m³, correspondentes a 43,37% da sua capacidade total.

Atualmente, dois reservatórios estão com 100% da sua capacidade, são eles: Flechas, localizado em José da Penha, e o açude público de Encanto.

Situação das Lagoas

A lagoa de Extremoz, responsável por parte do abastecimento da zona norte da capital, está com 9.891.025 m³, correspondentes a 89,76% do seu volume máximo, que é de 11.019.525 m³.

Já a lagoa do Bonfim, responsável pelo abastecimento da adutora Monsenhor Expedito, acumula 44.166.465 m³, percentualmente, 52,41% da sua capacidade total, que é de 84.268.200 m³.

A lagoa do Boqueirão, localizada em Touros, acumula 10.791.525 m³, equivalentes a 97,44% da sua capacidade total, que é de 11.074.800 m³.

Fonte: G1 RN

Comunicar erro
Publicidade

Comentários

Publicidade