Publicidade

"Deixo a vida pública com senso de dever cumprido", diz João Doria

Ex-governador de São Paulo anunciou nesta segunda-feira (13/6) que voltará à iniciativa privada, após desistência de concorrer ao Planalto

Por Victor Correia em 13/06/2022 às 18:00:28
(crédito: ALOISIO MAURICIO/ESTADÃO CONTEÚDO)

(crédito: ALOISIO MAURICIO/ESTADÃO CONTEÚDO)

O ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) anunciou nesta segunda-feira (13/6) que deixa a vida pública e que voltará a atuar no setor privado. O anúncio ocorre após sua desistência das eleições presidenciais em 23 de maio. Desde então, seu futuro na política estava incerto.

"A partir do próximo mês, retomo minhas atividades na iniciativa privada. Deixo a vida pública com senso de dever cumprido", afirmou Doria em sua conta no Twitter. "Pelos meus erros, peço desculpas. Pelos meus acertos, cumpri minha obrigação", disse ainda.

Em entrevista a jornalistas em São Paulo, o ex-governador não mencionou se tem planos de voltar à política em algum momento. Ele afirmou que não se arrepende das "medidas impopulares" tomadas na sua gestão, especialmente em relação à pandemia da covid-19.

"Faria tudo de novo", disse o ex-governador, frisando ainda que não sairá do Brasil, nem do PSDB.

Doria desistiu de sua pré-candidatura ao Planalto após um racha interno do PSDB. Mesmo tendo ganhado as prévias partidárias no final do ano passado, uma ala da legenda era contra a sua candidatura. Além disso, o PSDB, MDB e Cidadania decidiram em conjunto pelo nome da senadora Simone Tebet (MDB) como cabeça da chapa unificada, e o PSDB indicará um nome para vice.

Fonte: Correio Braziliense

Comunicar erro
Publicidade

Comentários

Publicidade